Segunda-Feira, 23 de Outubro de 2017 - SÃO JOSÉ DOS QUATRO MARCOS

Varíola bovina é confirmada em vaca em Quatro Marcos; Produtor é contaminado

Imagem

Depois do caso do “Mal da Vaca Louca”, Mato Grosso tem um caso de “varíola bovina” em vacas confirmadas. O animal está localizado em uma propriedade em São José dos Quatro Marcos. O caso foi clinicamente confirmado pelo Instituto de Defesa Agropecuária em Mato Grosso (Indea-MT). O produtor acabou se contaminando. O leite da propriedade está proibido para venda e consumo.

O foco da doença foi notificado ao Indea-MT no mês de maio, segundo a coordenadora do Controle de Doença Animal da entidade, Daniella Soares de Almeida Bueno.

A varíola bovina é uma zoonose e pode ser transmitida ao homem. Ela é comum em vacas, aonde se manifesta através de feridas no úbere (tetas) e na boca dos bezerros que estão em fase de amamentação. Nos seres humanos, que tiverem contato com o animal e assim se contaminarem, os sintomas são febre, dores de cabeça e até feridas nas mãos. A doença é transmitida do animal ao homem através do contato e não há risco de vida para ambos. A doença tem cura.

Conforme Bueno, apenas em uma vaca a doença foi confirmada na propriedade. “Diante do caso e da contaminação no produtor comunicamos a Secretária de Estado de Saúde de Mato Grosso para que dê uma atenção especial na região”.

Com o caso clinicamente confirmado a propriedade em São José dos Quatro Marcos foi isolada, frisa a coordenadora do Indea-MT, e visitas de veterinários seguirão na mesma enquanto não for constatada a cura. “Além disso, está vetado o transporte destes animais, bem como a venda e o consumo do leite produzido. Realizamos visitas nas propriedades vizinhas também e não constatamos a doença, que é comum na região”.

Um exame laboratorial foi solicitado em São Paulo, salienta Bueno, para uma confirmação concreta. “Os sintomas já confirmaram ser varíola bovina. Febre Aftosa não é transmitida ao homem ao contrário da varíola bovina”, ressalta a coordenadora do Indea-MT, descartando a existência de Febre Aftosa em Mato Grosso.


Comentários

  • Um Resumo

    logo

    Este site foi desenvolvido com toda técnologia semântica do HTML5 e foi criado com as últimas tecnologias disponíveis.

  • Facebook

Desenvolvido por Alexandro (65) 99629-0014 | MEUCI.com.br