Domingo, 25 de Fevereiro de 2018 - SÃO JOSÉ DOS QUATRO MARCOS

Taques visita Gefron em Porto Esperidião e convida ministros para que conheçam realidade da fronteira

O governador Pedro Taques quer trazer a Mato Grosso os ministros da Defesa, da Justiça e das Relações Exteriores para que conheçam de perto a realidade dos profissionais de segurança que atuam da região da fronteira com a Bolívia.
 
A meta foi apresentada nesta quinta-feira (14.07), durante visita do governador à base do Grupamento Especial de Fronteira (Gefron), no município de Porto Esperidião (350 km de Cuiabá).
 
"O trabalho do Gefron salva vidas em São Paulo, protege um pai de família no Rio de Janeiro. Isso mostra que Mato Grosso está ajudando o Brasil não apenas na produção da soja. Então, o Brasil precisa ajudar mais o nosso Estado neste trabalho", afirmou.
 
O governador chegou à base no final da manhã, acompanhado pelo secretário de Segurança Pública, Rogers Jarbas, o comandante geral da PM, Gley Alves e o comandante da 13º Brigada de Infantaria Motorizada, Luiz Fernando Baganha, além de representantes das polícias civil e federal.
 
"Para nós é uma honra ter o governador conosco", avaliou o tenente-coronel Jonildo José de Assis, comandante da unidade, que fez uma apresentação do trabalho dos policiais que atuam na fronteira, bem como do contexto socioeconômico de uma região que é rota do tráfico de drogas.
 
O secretário Rogers Jarbas, que já exerceu as funções de delegado do Gefron e de coordenador do Cisc-Cáceres, descreveu a visita como um "momento histórico" para todos os profissionais que atuam na fronteira.
 
"Eu vivo a fronteira até hoje. Vibro com cada apreensão de armas, cada apreensão de drogas. Hoje viemos prestigiar o maior patrimônio que nós temos na segurança pública na fronteira, que são os nossos profissionais", afirmou.
 
O secretário elogiou os resultados obtidos nos últimos anos, com sucessivos recordes de apreensões de drogas e recuperação de veículos roubados. O segredo, segundo ele, está nas ações integradas, envolvendo forças estaduais e federais.
 
"Nós acompanhamos muito orgulhosos e admirados o trabalho integrado que vem sendo realizado pelo Gefron, em conjunto com a polícias Federal, Rodoviária Federal, Civil e Militar", avaliou.
 
Defesa
 
Em sua fala aos policiais do Gefron, o governador lembrou que a defesa da região de fronteiras é uma preocupação que remonta ao período colonial. "Estamos aqui a proteger a nossa terra, a nossa pátria, mas, mais do que isso, protegemos pessoas, defendemos o nosso povo. Daí a importância deste grupamento e da ação integrada de todas as forças."
 
Taques disse que convidou o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, a visitar o grupamento ainda este ano. E que pretende que, nesta oportunidade, estejam presentes os ministros José Serra (Itamaraty) e Raul Jungmann (Defesa).
 
"Nós estamos preparando a vinda destes ministros para mostrar a realidade. Mostrar que o Brasil não é só Brasília e a Avenida Paulista", afirmou.
 
Integrante da comitiva, o general Luiz Fernando Baganha destacou a atuação do grupamento. "São 14 anos de história, de aumento da efetividade do trabalho, e de garantia da segurança do nosso Estado e do Brasil. É um trabalho muito bem feito."

Comentários

  • Um Resumo

    logo

    Este site foi desenvolvido com toda técnologia semântica do HTML5 e foi criado com as últimas tecnologias disponíveis.

  • Facebook

Desenvolvido por Alexandro (65) 99629-0014 | MEUCI.com.br