Quarta-Feira, 17 de Janeiro de 2018 - SÃO JOSÉ DOS QUATRO MARCOS

MT abre 25 vagas para médicos em presídios; salário é de R$ 5,2 mil

Imagem

Um processo seletivo para contratação temporária de médicos para atuarem no sistema penitenciário de Mato Grosso foi anunciado nesta terça-feira (28) pela Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh). Segundo a secretaria, são 25 vagas em 15 cidades. O salário oferecido é de R$ 5.221,57. Não é cobrada taxa de inscrição.

Para ver o edital, clique aqui.

De acordo com a Sejudh, as inscrições serão realizadas até o dia 8 de julho, das 08h às 12h e das 13h às 17h. O edital prevê contratação de profissionais de nível superior, dos perfis médico especialista em saúde mental, médico ginecologista e obstetra, médico clínico geral. O processo seletivo terá apenas uma fase através de avaliação de títulos, de caráter classificatório e eliminatório.

As inscrições deverão ser realizadas presencialmente, por meio de um requerimento de inscrição. O candidato deve apresentar na inscrição as vias originais dos documentos exigidos para conferência e autenticação das fotocópias, ou as cópias dos documentos deverão estar devidamente autenticadas.

Em Água Boa, as inscrições ocorrerão na Penitenciária de Água Boa; em Alta Floresta na Cadeia Pública de Alta Floresta; em Barra do Garças na unidade penal do município e assim por diante nas cidades de Barra do Bugres, Cáceres, Colíder, Sorriso, Tangará da Serra, Rondonópolis e Nortelândia.

Em Cuiabá e Várzea Grande os interessados devem procurar a sede da Sejudh na Rua Tenente Eulálio Guerra, nº 488, Esquina com Av. Afonso Pena, Bairro Quilombo; nas cidades de Juína e Pontes e Lacerda nos Centros de Detenção Provisória (CDP) e em Sinop na Penitenciária Ferrugem.

Documentos
Os documentos solicitados são curriculum vitae; fotocópia nítida do Registro Geral (RG) e cadastro de pessoa física (CPF); comprovante de residência; fotocópia nítida dos documentos comprobatórios de escolaridade; fotocópia nítida dos documentos a serem utilizados na avaliação de títulos que foram elencados no requerimento de inscrição; comprovação da escolaridade exigida para o cargo (Diploma de graduação de curso superior em Medicina reconhecido pelo Ministério da Educação e Certificado de Residência Médica e/ou Título de Especialista, registrados no Conselho Regional da Categoria Profissional de Médico).

O contrato será de 12 meses, prorrogável por um ano. Os contratos serão regidos pelo Regime Administrativo Especial e serão vinculados ao Regime Geral da Previdência Social, através do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS).


Comentários

  • Um Resumo

    logo

    Este site foi desenvolvido com toda técnologia semântica do HTML5 e foi criado com as últimas tecnologias disponíveis.

  • Facebook

Desenvolvido por Alexandro (65) 99629-0014 | MEUCI.com.br