Quarta-Feira, 17 de Janeiro de 2018 - SÃO JOSÉ DOS QUATRO MARCOS

Mirassol D'Oeste: Universitários ocupam Câmara de Vereadores para protestar contra falta de ônibus

Cerca de 150 estudantes universitários de Mirassol D’Oeste, fizeram uma manifestação contra falta de ônibus para o transporte de universitários para Cáceres.

Eles promoveram uma passeata e depois seguiram para a Câmara Municipal para pedir apoio dos vereadores.

Como da última vez, a manifestação foi de forma ordeira, inclusive com a presença de duas viaturas da Policia Militar e, momento algum elevaram o nível, com quaisquer tipos de ofensa, diferentemente do que disse o ex-prefeito de Mirassol D'Oeste, Elias Leal, naquela primeira vez, dizendo que o movimento foi uma "Anarquia".

Um estudante, que preferiu não se identificar, ressaltou a importância da universidade de Cáceres para a comunidade de Mirassol D’Oeste, denunciando a situação insustentável, principalmente as terças-feiras, quando a lotação não comporta mais alunos, tendo que deixar alguns para trás. Há um descaso conosco, disse.

“Não obstante, hoje temos 3 (três) ônibus da Prefeitura e 2 (dois) fretados. Estamos desprotegidos, falta sensibilidade, cuidado com o ser humano.”; “Hoje, cada aluno, tem que disponibilizar cerca de R$ 255,00 (duzentos e cinquenta e cinco reais) para o transporte”, ressaltou o aluno.

Ao site Mirassol Urgente, outro estudante explanou a difícil situação enfrentada pelos universitários, que além de percorrem cerca de 160 quilômetros por dia, precisam arcar com as despesas do transporte. São cinco ônibus, com cerca de 270 alunos, que levam diariamente os estudantes para quatro instituições de ensino superior além de outras três unidades de ensino profissionalizante e preparatório.

“Em nenhum momento eles pensam nos universitários, onde muitos deles vão perder o ano e até cancelar as suas matriculas; que ainda existe a possibilidade de retirarem mais um ônibus que apoiam os acadêmicos”, disse outro aluno.

Uma falta na faculdade para um universitário representa um aprendizado a menos na sua grade curricular.

Durante a passeata, alunos lembravam a bravata do ex-prefeito Elias Leal, que disse que havia deixado cerca de oito milhões em caixa, além da devolução da Câmara, por economia, de cerca de 600 mil reais em dezembro último. Cadê o dinheiro?


Comentários

  • Um Resumo

    logo

    Este site foi desenvolvido com toda técnologia semântica do HTML5 e foi criado com as últimas tecnologias disponíveis.

  • Facebook

Desenvolvido por Alexandro (65) 99629-0014 | MEUCI.com.br