Domingo, 25 de Fevereiro de 2018 - SÃO JOSÉ DOS QUATRO MARCOS

Justiça Federal investiga danos ambientais gerados por hidreletricas na região de Araputanga, Figueiropolis, Indiavai e Jauru

O Ministério Público Federal em Mato Grosso (MPF), por meio da Unidade em Cáceres, instaurou inquéritos no intuito de apurar eventuais danos ambientais causados em decorrência da implantação de Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) na região Sudoeste do estado.

Os empreendimentos são as PCH Figueirópolis, localizada entre os municípios de Figueirópolis D`Oeste e Indiavaí; PCHs Brennand I e II, no município de Araputanga; e a PCH Salto, localizada entre os municípios de Jauru e Indiavaí.

Os inquéritos foram instaurados a partir do relatório final da Comissão Permanente de Investigação da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (AL/MT) criada para apurar irregularidades nos processos de licenciamento ambiental para exploração de usinas hidrelétricas e pequenas centrais hidrelétricas realizadas pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) nos últimos 10 anos.

Perícias

Deverão ser realizadas perícias para confecção de informações técnicas a fim de analisar se as construções dos empreendimentos afetam, de alguma forma, terras indígenas, unidades de conservação de domínio da União, projetos de assentamento de responsabilidade do Incra ou qualquer outra área pertencente à União.

 


Comentários

  • Um Resumo

    logo

    Este site foi desenvolvido com toda técnologia semântica do HTML5 e foi criado com as últimas tecnologias disponíveis.

  • Facebook

Desenvolvido por Alexandro (65) 99629-0014 | MEUCI.com.br