Terça-Feira, 16 de Janeiro de 2018 - SÃO JOSÉ DOS QUATRO MARCOS

Crimes ambientais são flagrados pela Polícia Civil de Jauru

Policiais civis da cidade de Jauru (425 km a Oeste) realizaram ação na sexta-feira (09) de combate a crimes ambientais na zona rural no município e constataram desmatamento em área de reserva natural, além da prática de esbulho possessório.

Os crimes foram investigados após denúncia recebida na Delegacia de Polícia. Ao diligenciarem ao local, os policiais conduziram em flagrante G.G.O., 56, que transportava uma carga de madeira serrada por motosserra, além de objetos e utensílios usados no desmatamento.

Também foram encaminhados outras 3 pessoas que trabalhavam para o suspeito. No local havia uma carreta que dava apoio no transporte da madeira ilegal.

Os policiais verificaram que na região denominada "Areião" estão ocorrendo diversos atos de degradação ambiental. No espaço existem inúmeras nascentes de importantes rios da região, sendo considerado um divisor natural de águas, uma vez que de um lado, o rio Jauru desagua no rio Paraguai e este, por sua vez, na bacia hidrográfica do prata ou platina; e do outro lado o rio Guaporé desagua na bacia amazônica.

A proprietária da fazenda denunciou que os invasores estavam fazendo a extração de madeira e desmatamento às margens do rio "Taquarinha", o que foi confirmado pela Polícia Civil de Jauru, que seguirá investigando o caso.

O suspeito foi autuado por esbulho possessório e causar danos à unidades de conservação. 

 


Comentários

  • Um Resumo

    logo

    Este site foi desenvolvido com toda técnologia semântica do HTML5 e foi criado com as últimas tecnologias disponíveis.

  • Facebook

Desenvolvido por Alexandro (65) 99629-0014 | MEUCI.com.br