Terça-Feira, 26 de Setembro de 2017 - SÃO JOSÉ DOS QUATRO MARCOS

Corinthians vence o Grêmio e se isola na liderança

Está difícil segurar o Corinthians-SP neste Campeonato Brasileiro 2017. No duelo entre líder e segundo colocado, o Timão bateu o Grêmio-RS por 1 a 0, na tarde deste domingo (25), pela 10ª rodada, e se isolou na liderança da competição. Jadson marcou o gol do duelo e o goleiro Cássio garantiu a vitória ao defender um pênalti na reta final do confronto. Atlético-PR, Cruzeiro-MG e Palmeiras-SP também venceram seus jogos. São Paulo-SP e Fluminense-RJ empataram em 1 a 1.

Na Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS), foi disputado o jogo mais esperado do campeonato até o momento. Logo no primeiro lance, com menos de um minuto, Edílson obrigou Cássio a fazer grande defesa e justificou toda a expectativa pela partida ao longo desta semana. Aos 11, o lateral Cortez, quase em cima da linha, tirou o que seria o primeiro gol da tarde no Sul do país. O Grêmio dominava o primeiro tempo, mas o Corinthians também criava boas oportunidades. Na etapa final, logo aos seis minutos, Paulo Roberto arrancou em velocidade pela esquerda, invadiu a área e tocou para trás. A bola passou por Jô e chegou para Jadson. O meia chutou na direção de Marcelo Grohe, mas o goleiro não conseguiu fazer a defesa. O Imortal pressionou muito o Timão após sofrer o gol, mas Cássio operou verdadeiros milagres e garantiu a vitória. Na marca dos 37 minutos, Geromel foi derrubado na área e o árbitro marcou pênalti. Luan foi para a bola e o arqueiro corintiano mostrou que estava mesmo em tarde inspirada ao fazer a defesa.

O Corinthians abre quatro pontos de distância para o segundo colocado e agora soma 26. O Grêmio tem 22 e segue na segunda colocação. 

No Mineirão, em Belo Horizonte (MG), o Cruzeiro recebeu o Coritiba-PR e conquistou a vitória com um gol em cada tempo. O primeiro saiu aos 37 minutos. Alisson serviu Diogo, que foi à linha de fundo e cruzou na área. Thiago Neves chegou batendo e estufou a rede. Na etapa final, aos 19, Leo deu chutão no campo de defesa e Rafael Sobis ficou com a bola no ataque. O atacante passou pelo goleiro Wilson, tirou de William Matheus e bateu forte para garantir o triunfo mineiro por 2 a 0.

A Raposa foi a 14 pontos com a vitória e subiu para a 9ª colocação. O Coxa tem 15 e está no 8º lugar.

Na Arena da Baixada, em Curitiba (PR), o Atlético-PR saiu atrás diante do Vitória-BA, mas acabou conquistando um triunfo tranquilo. O Rubro-Negro baiano abriu o placar com Fred, aos 16 minutos, em bela cobrança de falta. O empate do Furacão veio ainda no primeiro tempo. Aos 43, Nikão cobrou escanteio na área, Fernando Miguel não saiu bem do gol e Wanderson, com o gol livre, cabeceou para deixar tudo igual. A virada saiu logo no início da etapa final, na marca dos oito. Sidcley fez bela jogada e serviu Nikão. Ele cortou a marcação e bateu no canto. Três minutos depois, Sidcley viu Doulas Coutinho nas costas da defesa. O atacante recebeu e cruzou para Éderson bater sem marcação e aumentar a vantagem. Aos 35 minutos, Matheus Rossetto arriscou de longe e acertou uma bomba, no ângulo da meta defendida por Fernando Miguel, para dar números finais e garantir o triunfo por 4 a 1.

O Atlético-PR chegou a 14 pontos e foi para o 11º lugar. O Vitória tem oito pontos e é o 18º colocado.

No Moisés Lucarelli, em Campinas (SP), o Palmeiras mostrou que segue em boa recuperação e bateu a Ponte Preta-SP por 2 a 1. O primeiro gol saiu aos 38 minutos, com Alejandro Guerra. Tchê Tchê fez belo lançamento para o venezuelano, que só tocou na saída do goleiro Aranha. Dois minutos depois, a Macaca empatou com Lucca. O atacante recebeu de Renato Cajá na entrada da área e bateu com muita força no canto de Fernando Prass para deixar tudo igual. Ainda no primeiro tempo, aos 45, Guerra fez mais um para garantir o triunfo alviverde. O meia tocou para Gabriel Furtado, que serviu Erik. O atacante devolveu de calcanhar e Guerra balançou a rede novamente.

Com a vitória, o Palmeiras chegou a 16 pontos e subiu para a terceira colocação. A Ponte Preta tem 14 e está no 10º lugar.

No Morumbi, em São Paulo (SP), o equilíbrio do duelo entre tricolores foi refletido no 1 a 1 do placar. O São Paulo saiu na frente aos seis minutos. Cueva levantou na área, Henrique se atrapalhou ao tentar cortar de cabeça e a bola sobrou para Denilson. Ele deu passe para o lado e Jucilei só completou para o fundo da rede. Na etapa final, aos seis, Gustavo Scarpa deu toque leve, Wendel puxou para a direita e bateu com força para marcar um golaço e garantir o empate do Fluminense. 

Com o resultado, o Tricolor paulista foi a 11 pontos e caiu para o 15º lugar. O Tricolor carioca tem 15 e é o 7º colocado


Comentários

  • Um Resumo

    logo

    Este site foi desenvolvido com toda técnologia semântica do HTML5 e foi criado com as últimas tecnologias disponíveis.

  • Facebook

Desenvolvido por Alexandro (65) 99629-0014 | MEUCI.com.br