Terça-Feira, 16 de Janeiro de 2018 - SÃO JOSÉ DOS QUATRO MARCOS

Candidato a prefeito em Mirassol nega fraude em licenças médicas

O vereador e candidato a prefeito de Mirassol D’Oeste, Euclides Paixão (PP), declarou, por meio de nota, que sua licença médica dos cargos na Secretaria de Educação e da Câmara de Vereadores ocorreu dentro da legalidade. A licença ocorreu até a véspera da convenção partidária que lançou o progressista como candidato a prefeito na eleição suplementar no município, que ocorre no dia 19 de novembro.

“Fui diagnosticado por laudo médico estar com a síndrome Burnout, uma doença psicossocial, na qual uma de suas características é o esgotamento mental. Atualmente se estou em condições aptas para atuar como candidato, e exercer as minhas funções de vereador foi mediante a liberação médica”, diz o candidato.

Euclides Paixão afirmou que a doença não o impedia de participar de atividades políticas e sociais. Também citou que não recebeu salários no período.

“Não recebi salário do Município durante o período em que fiquei licenciado e nem atuei em pré-campanha, como noticiou o respectivo site, uma vez que a confirmação como candidato ao cargo de prefeito só foi confirmada em convenção no dia 08 de outubro de 2017”, sinalizou.

Euclides ainda afirmou que a suposta fraude se trata de estratégia dos adversários em desestabilizar sua campanha. “O nosso projeto esta sendo realizado com a apresentação de propostas para Mirassol, não vou tolerar mentiras envolvendo o meu nome”, finalizou.

Íntregra da nota

O vereador Euclides Paixão do município de Mirassol D’ Oeste (PP), vem a público manifestar que não procedem às informações referentes à reportagem noticiada pela Folha Max, no último dia 08 de novembro, em seu caderno de Política em reportagem com o título: “Candidato a prefeito em MT é denunciado por fraudar licença médica”.

1º- deixo claro que não houve fraude na minha licença médica, como o respectivo site divulgou. Fui diagnosticado por laudo médico estar com a síndrome Burnout, uma doença psicossocial, na qual uma de suas características é o esgotamento mental. Atualmente se estou em condições aptas para atuar como candidato, e exercer as minhas funções de vereador foi mediante a liberação médica. 

2º Quero esclarecer que o fato de eu estar licenciado por recomendação médica, não me impediu de participar de ações e atividades sociais como cidadão miradolense. Não recebi salário do Município durante o período em que fiquei licenciado e nem atuei em pré-campanha, como noticiou o respectivo site, uma vez que a confirmação como candidato ao cargo de prefeito só foi confirmada em convenção no dia 08 de outubro de 2017.

3º Para finalizar esclareço que tenho 50 anos de Mirassol D’Oeste, tempo escrito por uma história limpa, sempre trabalhei embasado na legislação e zelei pela minha boa imagem, tanto que não existem processos judiciais envolvendo o meu nome.  

A minha campanha ao cargo de prefeito por Mirassol D, Oeste, não será freada por desespero de alguns. O nosso projeto esta sendo realizado com a apresentação de propostas para Mirassol, não vou tolerar mentiras envolvendo o meu nome, afirmo que os responsáveis pelas mesmas responderão judicialmente.

EUCLIDES PAIXÃO


Comentários

  • Um Resumo

    logo

    Este site foi desenvolvido com toda técnologia semântica do HTML5 e foi criado com as últimas tecnologias disponíveis.

  • Facebook

Desenvolvido por Alexandro (65) 99629-0014 | MEUCI.com.br