Terça-Feira, 16 de Janeiro de 2018 - SÃO JOSÉ DOS QUATRO MARCOS

As quatromarquenses Maiara e Maraisa quebram monopólio masculino do sertanejo e lotam shows

Quando olhou a agenda e viu que ‘Cuiabá’ estava com shows marcados na quinta e na sexta, Maraisa estranhou. Ligou para o empresário e perguntou se tinha algum erro, porque as datas nunca são marcadas próximas uma da outra no mesmo local. Ele respondeu, então, que os ingressos para sexta-feira tinham esgotado em poucas horas e tiveram que abrir mais um dia. O sucesso da dupla que forma com sua irmã, Maiara, estava mesmo batendo à porta. 

Maiara e Maraisa são gêmeas, naturais de São José dos Quatro Marcos, em Mato Grosso, e acreditam que só chegaram onde chegaram por sua persistência. Em um universo dominado por homens, as duas conseguiram. “Quando a gente começou tinha só a Paula [Fernandes], a Maria Cecília [e Rodolfo] e a Thaeme [e Thiago]. Thaeme e Maria tinham um homem na dupla e a Paula é o estereótipo de mulherão e tal. Muitos empresários falaram pra gente que dupla de mulher não dá certo, não vai pra frente”, contou Maiara, em uma entrevista concedida ao Olhar Conceito no saguão do hotel que ficaram hospedadas em Cuiabá. 

“E elas cantam música de amor, é difícil ver mulher cantando música falando de pinga e de traição”, completou Maraisa. Elas vieram mesmo para quebrar isso. Seu maior sucesso, “10%”, conta a história de uma mulher que está bebendo para esquecer um coração partido e pede para o garçom trocar o DVD pra ela parar de sofrer com a música. Diversos outros sucessos têm a mesma temática, e muitos são de composição própria. 


Maiara e Maraisa recebem fãs mirins no hotel em Cuiabá (Foto: Rogério Florentino Pereira / Olhar Direto)

Antes de estourarem como cantoras, as gêmeas já escreviam. São elas as autoras de sucessos como “Prisão sem grades” (cantada por Jorge e Matheus) e Caso indefinido (cantada por Cristiano Araújo). Depois de alguns anos morando em Goiânia, elas já conheciam quase todos os grandes nomes, e com Jorge (do Jorge e Matheus) como padrinho, conseguiram organizar as parcerias para gravar o DVD. 

Jorge e Matheus, Cristiano Araújo, Marília Mendonça e Bruno e Marrone participaram da gravação em Goiânia, em maio de 2015. “Conseguir gravar esse DVD, em Goiânia que é o berço do sertanejo, e com essas participações com certeza foi um marco”, declarou Maraisa. 

Apesar de não acreditarem que fazem tanto sucesso (Maraisa disse que ainda não percebeu isso), as irmãs fazem 23 shows por mês em todos os cantos do Brasil, e vêem o público cantar todas as músicas: “Agora todas as músicas do DVD estão no show. Antes a gente fazia mais covers, mas o pessoal reclamava. Eles vinham pra frente do palco e pediam que cantássemos as nossas”, lembra Maraisa. 

Toda a correria vale a pena. O tão falado ‘sucesso’ era um sonho distante que, quando realizado, deixa as meninas emocionadas: “Teve um show que fizemos em uma boate em Fortaleza, fomos num bate e volta e estava super cansada, mas quando o pessoal começou a cantar as músicas à capela antes de a gente começar... a Maiara caiu na lágrima”, entregou a irmã. 

Em Cuiabá não será diferente. “Aqui tem uma coisa toda especial que é a capital do nosso estado natal, né? E temos família, amigos, conhecidos aqui, então vai ser incrível. Acho que vou desabar lá no palco”, confessou Maiara. Logo depois, alguns familiares chegaram no hotel para abraçá-las e parabenizar pelo sucesso. 

Para o futuro, a duas planejam gravar um novo DVD no mês de maio. O local ainda está indefinido, e as participações (ou não) também. O que elas prometem são muitas surpresas. “O que eu mais quero é poder continuar ajudando minha família, não ter preocupação e viver fazendo o que amo”, contou Maraisa. Maiara foi enfática: “O sucesso é aquela coisa, né? Eu sonho bem alto, acho que a gente tem que sonhar em ser a Madonna pra se tornar uma Ivete Sangalo”. 


 


Comentários

  • Um Resumo

    logo

    Este site foi desenvolvido com toda técnologia semântica do HTML5 e foi criado com as últimas tecnologias disponíveis.

  • Facebook

Desenvolvido por Alexandro (65) 99629-0014 | MEUCI.com.br