Domingo, 25 de Fevereiro de 2018 - SÃO JOSÉ DOS QUATRO MARCOS

Acidente na região da Serra do Mangaval mata 4 e deixa 17 feridos

Um grave acidente, registrado no final da tarde deste domingo (6) matou 4 pessoas e deixou outras 17 feridas. A batida, envolvendo uma carreta carregada de madeira, ocorreu na região da Serra do Mangaval, BR-070, próximo ao município de Cáceres (225 km a oeste da Capital). A rodovia está interditada nos 2 sentidos e homens do Corpo de Bombeiros e da Polícia Rodoviária Federal (PRF) estão no local realizando os atendimentos.

Até às 20 horas, 17 pessoas haviam dado entrada no Hospital Regional de Cáceres, todas vítimas do acidente ocorrido no final da tarde deste domingo,06, na Serra do Mangaval, envolvendo uma carreta bi-trem carregada de madeira cortada em tábuas e vários veículos pequenos.

Entre os 17, há vários em estado grave. Desse grupo, uma pessoa morreu.

Outra vítima, um homem de 47 anos foi a óbito no local. Alberto Neto, de 47 anos, morava em Porto Velho/RO, e viajava com sua esposa, Elizabeth Cavalcante, 37, que sofreu lesões leves e foi atendida primeiramente no Pronto Atendimento de Cáceres (PAM), sendo então encaminhada para radiografias no HR.

Mesmo chocada, ele concordou em falar com Diário de Cáceres e desfez o equívoco divulgado anteriormente, que o acidente havia sido provocado por uma carreta que transportava combustível.

Ela e o marido viajavam num Focus cor preta, com placas de Ji-Paraná, sentido Cáceres/Cuiabá, e estavam na fila de veículos parados, esperando a liberação da pista, que estava interditada devido a outro acidente na Serra, ocorrido também com uma carreta.

Segundo ela, o bi-trem deve ter perdido o freio e foi colidindo com os carros. O bi-trem viajava no mesmo sentido , Cáceres/Cuiabá. "Foram caindo tábuas e atingindo os carros".

No local, houve incêndio, colisões e atropelamento.

A PRF ainda não passou alista de vítimas fatais e feridos, pois todo o contingente está envolvido na operação de resgate e atendimento. A PRF informou há pouco que uma das vítimas foi o condutor da carreta bi-trem que causou o acidente. Ele ficou preso entre as ferragens e morreu carbonizado. O motorista ainda não foi identificado.

Outra vítima fatal é uma mulher que estava em um veículo WV UP, placa NTY, de Cuiabá, e que ainda não está identificada.

A pista deve ficar bloqueada por mais duas horas no mínimo e equipes ainda estão no local realizando buscas. Portanto, permanece a informação oficial de quatro vítimas fatais. A ÇPRF informou também que, incluindo a carreta bi-trem, o acidente envolveu 11 veículos.

IML

As quatro vítimas fatais do acidente ocorrido na Serra do Mangaval já estão no Instituto Médico legal de Cáceres.

Identificados:

-Alberto Campos Sona, morador de Porto Velho, que morreu no local.

-Verônica Frauzina de Oliveira -não há informação de onde morava.

 

Não identificados:

-O corpo do motorista do bi-trem, que está carbonizado.

-e o corpo de uma mulher que estava dentro de um veículo WV UP com placa de Cuiabá.

A Unidade de Coleta de Sangue do Hospital Regional pediu a ajuda da população, pois o estoque é baixo e está sendo usado prioritariamente nas vítimas graves, mas amanhá, 07, vai precisar de sangue.

Quem puder ajudar pode se dirigir à UCT a partir das 7:30 horas.


Comentários

  • Um Resumo

    logo

    Este site foi desenvolvido com toda técnologia semântica do HTML5 e foi criado com as últimas tecnologias disponíveis.

  • Facebook

Desenvolvido por Alexandro (65) 99629-0014 | MEUCI.com.br