Sexta-Feira, 15 de Dezembro de 2017 - SÃO JOSÉ DOS QUATRO MARCOS

1,2 mil auxílios-doença serão reavaliados em Mato Grosso

Imagem

O governo federal determinou a revisão de benefícios previdenciários de 1.259 mato-grossenses. O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) está realizando consultas para reavaliar quem recebe auxílio-doença e há mais de anos não passa por avaliação médica. Veja lista das pessoas aqui. 

Os listados têm um prazo de cinco dias para entrarem em contato com a central de atendimento, através do número 135, onde será informada a data agendada da reavaliação. 

Na data da realização da perícia médica, a pessoa deverá apresentar toda a documentação médica que disponha, como atestados, laudos, receitas e exames. Ao todo, foram convocados 55.152 beneficiários no país.

Estão sendo chamadas por essa convocação somente as pessoas que não foram encontradas pelos Correios ou que tiveram algum problema no cadastro do endereço no Sistema Única de Benefícios (SUB). A publicação oficial pontua que no caso de não atendimento à convocação ou de não comparecimento na data agendada, o benefício será suspenso.

De acordo com o INSS, 746 mato-grossenses já tiveram seus benefícios cortados. Foram 505 suspensos na data do exame médico, 202 por não comparecimentos e 39 cancelados com data futura (média de 90 dias).

Revisões

O governo está realizando desde o ano passado uma revisão na concessão dos benefícios previdenciários dos brasileiros. A expectativa é que sejam avaliados 1,1 milhão de aposentados por invalidez e 530 mil beneficiários com auxílio-doença.

O INSS avaliou que existe uma possibilidade de reversão entre 15% e 20% para os benefícios de auxílio-doença. De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social, esse processo já gerou uma economia de R$ 2,6 bilhões ao governo. O objetivo do governo é terminar essa revisão dos benefícios até dezembro.

O INSS explica que os beneficiários não precisam se antecipar à convocação. Para evitar filas desnecessárias e sobrecarga nas Agências de Atendimento, o Instituto organizou a revisão dos benefícios em lotes com critérios pré-definidos e por causa disso não é preciso comparecer antes da convocação oficial.

Cerca de 2,5 mil dos 4,2 mil peritos do quadro do INSS trabalharão nas perícias.


Comentários

  • Um Resumo

    logo

    Este site foi desenvolvido com toda técnologia semântica do HTML5 e foi criado com as últimas tecnologias disponíveis.

  • Facebook

Desenvolvido por Alexandro (65) 99629-0014 | MEUCI.com.br